Fabrício Togni - Cirurgia e traumatologia buco maxilo facial

Terceiros Molares (dentes do siso)


Os terceiros molares são comumente referidos como dentes do siso. Eles são geralmente os últimos dentes a se desenvolverem e estão localizados na parte de trás de sua boca, atrás de seus segundos molares. A sua erupção ocorre normalmente a patir dos 15 anos de idade podem variar conforme o sexo e fatores ambientais.

 

Dentes inclusos


A maioria das pessoas deveriam ter 32 dentes permanentes quando adultos, porém, muitas vezes seus maxilares são pequenos para acomodar os quatro dentes do siso. Quando o espaço insuficiente impede que os dentes erupcionem adequadamente eles são chamados inclusos. Isso indica sua incapacidade para entrar em erupção na posição adequada para mastigar corretamente.

 

 

Tipos de inclusão


O diagnóstico para determinar se você será beneficiado com a remoção do dente do siso é feito em uma consulta com o Cirurgião Buco Maxilo Facial. Uma radiografia de sua boca, a Radiografia Panorâmica, será utilizada para determinar se os seus dentes do siso estão formados, se há espaço para eles eruptarem adequadamente e quão difícil será para removê-los se for necesário. As inclusões podem ser:

 

  • Inclusão em tecidos moles
  • Inclusão óssea parcial
  • Inclusão óssea total

Inclusão por tecidos moles


Não há espaço suficiente para permitir que o dente esteja exposto na boca pois o tecido da gengiva o recobre total ou parcialmente, impedindo a limpeza adequada dos dentes.

 

Inclusão óssea parcial


Não há espaço suficiente para permitir que o dente do siso fique exposto totalmente na boca pois existe osso cobrindo pacielmente a sua coroa. Isto impediria uma limpeza adequada e favoreceria o surgimento de infecções locais.

 

Inclusão óssea total


Não há espaço para o dente entrar em erupção. Ele continua alojado intermanente no osso maxilar. 

Além do tipo de inclusão o dente do siso pode também estar em uma posição incomum e difícil de remover. Esta situação pode ocorrer quando a forma ou a dimensão do osso maxilar e outras estruturas faciais tornam a remoção deste dente significativamente mais complexa. 

Indicações para a extração dos dentes do siso


Conheça as principais razões da necessidade da extração dos terceiros molares:

Infecções


A falta de espaço suficiente para a erupção completa dos terceiros molares favorecerá o acúmulo de placa bacteriana propiciando surgir inflamações e infecções. Esta situação causará dor intensa e desconforto para o paciente.

 

  • Infecção no dente do Siso

Formação de cistos


As doenças não infecciosas também podem surgir em associação com um dente do siso. As doenças mais comuns são os cistos dentígeros. Estes cistos que se formam dentro dos ossos maxilares se desenvolvem a partir de dentes inclusos. Estas lesões se expandem lentamente destruindo o osso maxilar adjacente e ocasionalmente dentes vizinhos. Embora raro, alguns tumores que produzem grandes destruições de tecidos ósseos podem se formar associados aos dentes do siso.

 

  • Cisto Dentígero formado no Dente do Siso

Danos aos dentes adjacentes


Se houver espaço insuficiente para limpar ao redor do dente do siso, o dente a frente , o segundo molar, pode ser afetado. Resultará em doenças na gengiva, perda óssea ao redor do dente e cárie.

 

  • Formação de cárie no segundo molar